Notícia
Balanço parcial mostra crescimento do atendimento da Santa Casa em 11%
22/10/2014

Provedoria faz analise dos dados estatísticos e conclui que o hospital deverá atingir até o final do ano 710 mil atendimentos

 

O provedor da Santa Casa de São Carlos, Antônio Valério Morillas Júnior, participou na manhã de hoje, 17, do programa do radialista Carlinhos Lima, na rádio Clube de São Carlos. Os temas debatidos, ao vivo, durante o programa foram: às inovações e investimentos do hospital no qual tem realizado nos dois últimos anos.

Morillas apresentou os dados que mostram a relevância da Santa Casa no contexto regional. Por exemplo: em 2013 foram realizados 638,7 mil atendimentos. A projeção para 2014 é de 710 mil, o que indica um crescimento de 11% no volume de pessoas que são atendidas pelo serviço médico do hospital.

O atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) cresceu 10% quando se compara 2013 e os nove meses (janeiro a setembro) de 2014. Até o mês passado a Santa Casa atendeu pelo SUS 39,8 mil pessoas.

Um dos serviços que também atingiu crescimento significativo foi a cirurgia cardíaca (hemodinâmica), que aumentou em 112,8% o volume de intervenções cirúrgicas.

Na avaliação de Morillas, o crescimento no volume de atendimento reflete a confiança que a população de São Carlos e da região tem nos serviços prestados pela Santa Casa.

Outro item que se destacou na prévia do balanço feito pelo hospital foi o volume de transfusões de sangue que comparado com 2013 aumentou 13.6%. Em 2014 foram 5.217 procedimentos. O crescimento das transfusões de sangue indica que os casos de cirurgias mais graves aumentaram em relação aos de menor gravidade. Quando comparado os índices percentuais nota-se, que as cirurgias cresceram 3%, e as transfusões quadriplicaram.

“Esse é um indicativo que a Santa Casa tem equipe, como também corpo clínico apto a atender aos casos de alta complexidade. Por isso estamos credenciamento pelo Sistema Único de Saúde como hospital de referência para o atendimento de Urgência e Emergência. Além de a Santa Casa ter sido classificada como Hospital Estruturante e pelo Estado. Os dados ratificam o potencial como instituição de saúde regional para alta complexidade”, explicou Morillas.

A Santa casa já investiu no novo servidor de internet da IMB que irá dar sustentação ao novo software de gestão hospitalar que irá gerenciar o atendimento do hospital chamado Sistema MV.

O investimento irá monitorar em tempo real o atendimento hospitalar, com isso identificar o problema e resolvê-lo. Controle de custos dos procedimentos e ter no exato momento o funcionamento de cada setor. Com isso eliminam-se desperdícios.

“Iremos reduzir o tempo de espera nos atendimentos e melhorar o serviço prestado à população”, avaliou Morillas. O programa de computador irá acabar com a quantidade de papéis que hoje em dia se produz para documentar os procedimentos.

A aquisição de duas novas Autoclaves, equipamento de esterilização de material cirúrgico. Um investimento de R$ 250 mil através de emenda parlamentar e recursos próprios.

A adequação, modernização e ampliação do serviço essencial, com a aquisição de 25 Carrinhos de Emergência, equipados com desfibrilador e todos os componentes para atender as possíveis paradas cardíacas e respiratórias de pacientes. Em todos os setores do hospital tem um equipamento como este, em alguns pontos como, por exemplo, o Serviço Médico de Urgência (SMU) são dois disponíveis à equipe médica. O valor do investimento foi de aproximadamente R$ 850 mil.

Prestes a ser inaugurado, Pavilhão Conde do Pinhal que foi reformado e adaptado para abrigar o setor administrativo, o prédio teve investimento de R$ 300 mil que veio através de doações.

Novidade, a Santa Casa este ano não irá necessitar de pegar empréstimo bancário para pagar o 13º salário. O hospital fez reserva – dever de casa – e já está com o dinheiro em caixa para quitar o benefício.

 

E o que vem por ai...

 

O departamento de ensino busca trazer novos internatos do curso de Medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). A Provedoria levou à Universidade o projeto de internato para os alunos do 5º e 6º período de medicina. Com isso irá ampliar a oferta de estágio que hoje está restrita ao núcleo de pediatria. “Nós aguardamos a resposta da UFSCar”, disse Morillas.

 

Residência Médica - A Santa Casa criou o departamento de ensino que engloba o internato dos alunos da UFSCar e pediu ao Ministério da Educação (MEC) que possa oferecer a Residência Médica.

Na semana passada duas avaliadoras do MEC estiveram a visitar a Santa Casa. A resposta foi bastante promissora. Até novembro sairá o resultado dessa avaliação.

Com a residência médica o hospital poderá receber até 80 médicos já formados que faram aqui a especialização nas áreas de áreas de Pediatria, Clínica Médica, Cirurgia Geral, Oncologia, Ortopedia e Oftalmologia, setores de prioridades estratégicas, para a Santa Casa.

 

Outros itens que estão em andamento na Santa Casa de São Carlos:

 

•          Aguarda liberação de verba já destinada para a reforma do Serviço Médico de Urgência (SMU) – Valor R$ 3,5 milhões aproximadamente. Verba do Governo Federal.

 

•          Aguarda liberação de verba para a ampliação da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) – Valor da verba R$ 1,3 milhão.

 

•          Aguarda a verba para o PS da Ortopedia – Verba de R$ 400 mil – Verba do governo estadual.

 

•          Ampliação da Maternidade – Valor R$ 1,8 milhão – que terá R$ 700 mil do Estado, R4 250 mil de recurso próprio da Santa Casa e R$ 850 mil do governo federal.




E-mail Banco de Sangue - clique aqui
ligue: (16) 3509-1230

E-mail telemarketing - clique aqui
ligue: (16) 3509-1270

Parceiros:
Rua Paulino Botelho de Abreu Sampaio, 573 Vila Pureza, São Carlos - SP     •     Telefone: (16) 3509-1100