Notícia
Santas Casas confirmam paralisação nacional no dia 25
25/09/2014

A direção da Santa Casa de São Carlos apoia o movimento e solidariza-se com a luta. Por conta disso instalou uma faixa na entrada do hospital para marcar presença no movimento. Contudo, a direção do hospital decidiu não paralisar ou interromper suas atividades.

Em, 25 de setembro, as Santas Casas, hospitais e entidades beneficentes, farão em todo o país uma nova paralisação para alertar a sociedade sobre o subfinanciamento do Sistema Único de Saúde, com ênfase na realidade da crise vivenciada há anos pelos filantrópicos. O objetivo é conscientizar a todos sobre o insuficiente recurso de custeio alocado e o crescente endividamento das instituições, já que o subfinanciamento e o brutal déficit dele decorrente não tem perspectiva de solução próxima.
Em São Carlos, a Santa Casa de Misericórdia decidiu não paralisar ou interromper suas atividades. A direção do hospital vai apoiar e ser solidário ao movimento colocando uma faixa no lado externo e orientando seus funcionários a usarem roupas pretas neste dia nacional de luto pela crise das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos.
Nomeado de "Dia Nacional de Luto pela Crise das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos", o ato prevê bloquear todo o agendamento eletivo nesta data, como ação de protesto e sensibilização pública em nível nacional. "Manteremos a manutenção da assistência nas urgências e emergências, primordial para que a população não sofra desassistência generalizada, o que não é nossa intenção, pois temos o povo como principal aliado e beneficiado dessa nossa luta. Não estamos brigando apenas por nós, mas pela saúde de todos os brasileiros, principalmente aqueles que dependem do SUS", afirmou o diretor-presidente da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo), Edson Rogatti. Também na data, os funcionários e profissionais que trabalham nas instituições vestirão trajes na cor preta, representando o luto pelo setor, que atualmente amarga uma dívida de mais de R$15 bilhões.
Esta ação é parte de uma mobilização nacional, que conta com a participação das mais de 2.100 instituições do país e surgiu após a reunião de representantes do setor no último congresso da CMB (Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas), promovido em Brasília no mês de agosto.




E-mail Banco de Sangue - clique aqui
ligue: (16) 3509-1230

E-mail telemarketing - clique aqui
ligue: (16) 3509-1270

Parceiros:
Rua Paulino Botelho de Abreu Sampaio, 573 Vila Pureza, São Carlos - SP     •     Telefone: (16) 3509-1100